Face2Face Africa

Dehlia Umunna, vice-diretor e instrutor clínico no Harvard Law School’s Criminal Justice Institute (CJI) é o primeiro Nigeriano a ser nomeado como professor na escola. Umunna foi nomeado professor clínico de Direito.

Umunna tem sido professor na Harvard Law School Desde 2007. Ela escreveu o artigo, repensando a vigilância do Bairro: Como as lições da aldeia nigeriana podem habilitar criativamente a comunidade para ajudar as mães pobres e solteiras na América, que foi publicado no American University Journal of Gender, Social Policy & a lei.

como Vice-Diretor e instrutor clínico no CJI da Harvard Law School, Umunna supervisiona estudantes de direito do terceiro ano em sua representação de clientes adultos e jovens em processos criminais e juvenis e argumentos perante o Supremo Tribunal Judicial de Massachusetts e Tribunal de Apelações, Harvard Law hoje relata.

mais sobre este assunto

“sou abençoado e honrado por me juntar à notável faculdade da Faculdade de direito de Harvard,” Umunna foi citado como dizendo. “Eu aprecio esta extraordinária oportunidade de continuar o trabalho que realmente amo, e estou grato pelo profundo interesse e empenho da escola em questões de justiça criminal, encarceramento em massa, defesa indigente e justiça social.”

Um diploma de direito titular da George Washington University Law Center, Umunna também recebeu um Mestrado em Administração Pública (MC) da Harvard Kennedy School of Government e doutora em Comunicação pela Universidade do Estado da Califórnia, San Bernardino.

o interesse pedagógico de Umunna e a pesquisa focam-se no Direito Penal, Defesa Criminal e Teoria, encarceramento em massa e questões raciais. Ela serve como conselheira da Faculdade de algumas organizações estudantis, de acordo com uma biografia dela.

“os estudantes de Dehlia reverenciaram-na; seus colegas da HLS e nacionalmente olham para ela como uma advogada exemplar, professora e Mentora”, disse Martha Minow, decana da Harvard Law School. Dehlia é simplesmente extraordinária, uma inspiração para seus alunos e seus clientes em todos os sentidos. É um verdadeiro privilégio ser colega dela.”

ex-membro do Conselho de estudantes de direito do Distrito de Columbia na clínica do Tribunal de 2002 a 2007, ela também serviu como professora Adjunta de Direito e praticante em residência na universidade americana, Washington College of Law. Foi professora convidada durante vários anos na George Washington University Law School.

Antes de ingressar em Harvard, a mãe orgulhosa de dois passou vários anos no serviço de Defensor Público para o Distrito de Columbia (PDS) como um advogado de julgamento. Alguns de seus casos receberam atenção da mídia nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.